Search
quinta-feira 24 agosto 2017
  • :
  • :

História

Gentílico: santa-mariense

Histórico

Santa Maria do Suaçuí
Minas Gerais – MG

Histórico

O desbravamento desta região, onde está situada a cidade de Santa Maria do Suaçui, certamente foi feito por bandeirantes, pois, segundo lendas de terras mineiras, Fernão Dias Paes Lemes, das margens do Lago Vapabussu se extasiara a contemplar a terra resplandescente.
Existe uma lenda entre os habitantes do distrito de Poaia, segundo a qual, Paes Leme, enterrara uma porção de ouro e pedras preciosas, entre duas palmeiras e uma rocha de cristal. Alguns aventureiros lograram alcançar em pesquenos botes a margem oposta do magestoso lago, constatando a existência de grandes rochas de cristal, mas em vão tentaram encontrar o tão cobiçado tesouro.
A Lagoa do Vapabussu fica a 57 km de nossa cidade e é lá que esteve o grande bandeirante Paes Leme. O ararial de Santa Maria, seu primitivo nome, teve início por volta de 1865, contando três casas com cobertura de telha e seis outras, cobertas de palmeira ou sapé.
O Capitão Ramalho Pinto, testemunha ocular dos primórdios históricos da atual Santa Maria do Suaçui, relata em seu diário, que os primeiros habitantes do povoado foram: Camilo dos Santos (primeiro doador de terras para a criação do distrito de Santa Maria de São Félix), Fortunato Chaves, Ana Alves de Oliveira, Francisca Maria da Costa, Manoel Felipe, Meofaldo Floriano, Inhambú e outros. Segundo faz crer, todos eles teriam se dedicado a atividades temporárias, pois, na sua maioria eram criminosos foragidos da Justiça. Os escritos do Capitão Ramalho que datam de 1865, dizem ainda que, mais tarde, surge no povoado um grupo de italianos, com suas harpas e “instrumentos exóticos”, tocando e dançando para ganhar dinheiro; dentre eles destacava-se o de nome José Baratti que morreu alguns anos depois.
Existia um pouco abaixo do arraial de Santa Maria, um aldeamento de índios botocudos, já quase civilizados, que surgiam sempre na povoação com o objetivo de vender os produtos de suas lavouras, principalmente milho e feijão. Nesta época, pertencia o arraial ao município de Minas Novas.
De quando em vez, surgia em Santa Maria, Francisco da Luz, vigário de Capelinha das Graças, fazendo pregações religiosas e batizando o povo. Em sua companhia vinha, quase sempre, o subdelegado de polícia, Coronel Jesuíno Gomes da Silva, trazendo objetos de mascateação.
Muito se falava, naquele tempo, da grande Lagoa de Vapabussu e na riquíssima Serra Resplandescente, hoje Lavra do Cruzeiro.

Gentílico:

Formação Administrativa

O Distrito de Santa Maria do São Félix, foi criado no ano de 1870.
A elevação do distrito à categoria de município, com o nome de Santa Maria do Suaçui, ocorrieu em 1923.

Fonte

IBGE